Sobre Decisões

“Essa noite não” foi o que pensou. Estava cansado daquela situação e decidiu que era uma boa hora para mudá-la. Não que estivesse ruim, pelo contrário foi bom. Ainda era bom. Mas o destino de qualquer coisa que comece é terminar um dia.

Nada que tenha atrapalhado ou forçado a situação. Ele simplesmente cansou. Não aguentava a mesmice. As mesmas coisas nos mesmos lugares todas as noites. Não, aquilo não era para ele. Precisava variar, precisa respirar, precisava de ar!

Se os outros discordassem, tudo bem. Se quisessem fazer algo a respeito, que tentassem. Algumas decisões – embora não tão importantes – simplesmente não podem voltar atrás. Essa não era hora de pensar, mas de agir.

Havia uma grande festa na boate mais badalada da cidade naquela noite. Era o momento ideal. Ligou para todos os seus amigos, sem se importar com a possível reação deles. Estava decidido. Para todos disse exatamente a mesma coisa: Não vou sair hoje, para de chamar!

E dormiu feliz.

Anúncios

Uma resposta to “Sobre Decisões”

  1. Guilherme Says:

    Senti que o mini texto, carregado de sentimentos e sensações palpáveis, comporta-se mais como um testemunho ou um desabafo. De qualquer maneira, usou a literatura sabiamente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: